ACESSIBILIDADE É TEMA FUNDAMENTAL NA ARENA MRV

Projetada para ser a mais moderna da América Latina, a Arena MRV está com 55% da obra concluída e uma das grandes preocupações desde o início do projeto é com relação à acessibilidade.

A casa do Galo atenderá todas as leis específicas relacionadas ao tema, mas o objetivo é ir além e garantir que a acessibilidade seja universal para que todos os frequentadores tenham conforto, segurança e dignidade para acompanhar as partidas e os eventos no estádio.

A Arena MRV contará com 50 vagas de estacionamento dedicadas às pessoas com mobilidade reduzida, número superior ao que determina a legislação vigente. Das 136 catracas do estádio para entrada de público nos jogos e shows, 15 serão para acesso das pessoas com deficiência e estarão localizadas em toda arena. As áreas administrativas e os halls principais também contarão com seis acessos específicos para esse público e a Arena MRV terá, ainda, 21 elevadores.

Créditos: Farkasvölgyi Arquitetura

Além dos elevadores, o acesso da torcida acontecerá por rampas desde o nível da rua. Essas rampas garantirão a possibilidade da presença das pessoas com cadeiras de roda ou mobilidade reduzida em todos os níveis do estádio. No setor 1, mais próximo ao campo, serão reservados 96 espaços para pessoas com cadeiras de rodas, 402 assentos para obesos e quatro para deficientes visuais com espaço para cão guia, uma das novidades em estádios de Belo Horizonte.

No segundo nível de arquibancada haverá 179 espaços para pessoas com deficiência e 226 assentos para obesos. E, no terceiro nível, 167 locais serão destinados para pessoas com cadeiras de rodas, 647 assentos para obesos e quatro para deficientes visuais com os cães guia.

Uma solução pensada no projeto e implementada na obra é que em todos os níveis de arquibancadas, o grande diferencial da Arena MRV é que a circulação dos torcedores acontecerá atrás dos locais destinados às cadeiras de roda, e não à frente, o que garantirá a visão do campo de jogo para as pessoas com deficiência.

Créditos: Farkasvölgyi Arquitetura

Para auxiliar na locomoção dos deficientes visuais na Arena MRV, todas as placas de identidade visual do estádio terão escrita em braile e pisos táteis trarão conforto e segurança para o deslocamento nas dependências da Arena MRV.

Mais de 100 banheiros serão destinados às pessoas com deficiência, localizados sempre ao lado dos conjuntos de banheiros coletivos. Nesses espaços haverá vasos sanitários adequados, barras de apoio, além de locais para que, em caso de necessidade, o frequentador possa realizar a higiene pessoal com mais conforto. Em todos os banheiros de uso geral haverá vasos sanitários adaptados para pessoas com nanismo. As lanchonetes da Arena MRV contarão com balcões acessíveis para que as pessoas com cadeira de rodas tenham um atendimento digno. É a casa do Galo cada dia mais próxima da inauguração sendo pensada para todos os públicos.

DADOS DE ACESSIBILIDADE DA ARENA MRV

Número de vagas no estacionamento para pessoas com mobilidade reduzida: 50

Número de elevadores: 21

Número de rampas de acessos (destinadas às arquibancadas): 6 principais

Número de espaços nas arquibancadas:

Arquibancada nível 1

96 espaços pessoas com cadeiras de rodas

402 assentos para obesos

4 assentos para pessoas com deficiência visual, com espaço para cão guia

Arquibancada nível 2

179 espaços pessoas com cadeiras de rodas

226 assentos para obesos

Arquibancada nível 3

162 espaços pessoas com cadeiras de rodas

647 assentos para obesos

4 assentos para pessoas com deficiência, com espaço para cão guia

Número de catracas:

Alto fluxo (acesso de torcedores):

121 unidades padrão;

15 unidades para pessoas com deficiência

Baixo fluxo (áreas administrativas e acessos aos halls principais):

21 unidades padrão;

06 unidades para pessoas com deficiência

Arena MRV está 50% concluída, e camisa especial do Atlético celebra a marca

A casa do Galo está 50% concluída. Para celebrar esse importante marco, o Atlético e a Arena MRV criaram a ação ‘Somos feitos de metades e Atleticanos por inteiro’. Entre as ações, o time profissional entrará em campo neste sábado (23), na partida contra o Coritiba, com uma camisa produzida especialmente para marcar os 50% de conclusão da obra. A camisa utilizada pelos jogadores será metade listrada (uniforme 1) e metade branca (uniforme 2).

“Nada mais representativo do que usar o uniforme do Atlético para exaltar a conclusão de 50% da Arena MRV. Metade do caminho já foi percorrido, e estamos muito empenhados para concluir a próxima metade deste sonho lado a lado com a Massa”, celebra João Márcio Coelho Jr., gerente de marketing da Arena MRV.

Como forma de arrecadar recursos para os projetos sociais que o clube apoia, os uniformes da partida serão doados para o Instituto Galo. “A doação das camisas demonstra que todo o clube está envolvido em fazer o Atlético uma referência internacional da área de responsabilidade socioambiental e filantropia. Os recursos arrecadados serão usados integralmente nos programas e projetos do Instituto Galo, impactando milhares de pessoas”, comemora Thiago Camargo, CEO do Instituto Galo.

Desde o início da semana, as redes sociais da Arena MRV estão comemorando que a obra alcançou 50% de conclusão. Os perfis do estádio do Galo tiveram a logomarca alterada, um vídeo da campanha foi postado nos canais oficiais da Arena MRV e será veiculado também em outras mídias, como no telão do estádio Independência. Além disso, painéis que estão distribuídos pela capital mineira também celebram com a Massa o avanço das obras.

Os torcedores presentes na partida contra o Coritiba também receberão copos e faixas de mão que celebram esse importante passo dado pelo Atlético para a conclusão da Arena MRV.

Camisa metade uniforme 1, metade uniforme 2 marcou os 50% da Arena MRV. Foto: Pedro Souza/Atlético

DADOS DA OBRA

Desde abril de 2020, quando a primeira máquina entrou no terreno de 127 mil m² no bairro Califórnia, etapas e desafios foram vencidos, tornando o sonho do atleticano cada dia mais próximo de se tornar realidade.

Todos os dados relacionados ao estádio do Atlético são impressionantes. O volume de concreto executado na Arena MRV até o momento ultrapassa as 16.600 peças. Esse número corresponde a 79% do total previsto. Mais de 3.100 toneladas de aço já estão instaladas na estrutura metálica que terá, quando o trabalho estiver finalizado, 4.029 toneladas.

Mais de 2.100 operários passaram pela obra nesses dois anos e, atualmente, cerca de 800 pessoas trabalham construindo o sonho atleticano. “Novas frentes de trabalho serão abertas daqui para a frente, e mais operários atuarão nas próximas etapas, auxiliando para que o prazo de entrega seja cumprido. Nossa expectativa é de que, no pico da obra, tenhamos mais de mil operários atuando”, revela o diretor de Engenharia da Arena MRV, Carlos Antônio Pinheiro.

Outro dado interessante é referente à alimentação do time de funcionários. Cerca de 320 mil refeições, entre café da manhã, lanches e almoço, já foram servidas para os operários nesses quase dois anos. A expectativa é de que a obra seja entregue no final deste ano.

Foto: Arthur William/Agência Espacial de Comunicação

ARENA MRV ANUNCIA O VENCEDOR DO CONCURSO MURAL ALVINEGRO

O grande vencedor do Concurso Cultural Mural Alvinegro foi o projeto apresentado por Filipe Castro. A arte vencedora teve 35.49% dos votos dados pela Massa no site muralalvinegro.com.br.

O projeto apresentado aplicou o escudo do Atlético criando uma ilusão de ótica

Filipe Castro terá o seu projeto eternizado em um muro de 142 metros na Esplanada da Arena MRV e receberá um prêmio no valor de R$15 mil. A arte vencedora será composta por azulejos com nomes de torcedores atleticanos que poderão comprar as peças, com valores a partir de R$40 por mês. A venda começará em breve aqui no site oficial da casa do Galo.

O conceito pensado por Filipe foi de aplicar o escudo do Atlético de forma a trabalhar a ilusão de ótica.

Confira como foi a votação de cada um dos projetos finalistas

Filipe Castro - 35.48%

Bernardo Farkasvölgyi – 27.20%

Rodrigo Santos – 20.22%

Bruno Munayer – 17.10%

Atlético e Arena MRV anunciam os finalistas do Concurso Mural Alvinegro

Estão definidos os três finalistas do Concurso Cultural Mural Alvinegro, promovido pelo Atlético e pela Arena MRV. Mais de 40 projetos foram inscritos por interessados em criar o design de um muro que ficará localizado na Esplanada da casa do Galo. Os concorrentes foram analisados por uma comissão julgadora formada por profissionais do Atlético, da Arena MRV, da Farkasvölgyi Arquitetura e por Flávio Markiewicz, vencedor do primeiro concurso Manto da Massa, representando de forma simbólica a torcida atleticana.

Os três projetos finalistas foram inscritos por Bruno Munayer, Filipe Castro e Rodrigo Santos, e todos apresentam, com conceitos diferentes, a tradição, a história, os símbolos, o preto e o branco do supercampeão do Brasil.

A votação está aberta no site www.muralalvinegro.com.br até o dia 4 de março. O grande vencedor, além de ter a sua arte eternizada em um muro de 142 metros na Arena MRV, receberá um prêmio de R$ 15 mil.

Azulejos poderão ser adquiridos após a votação

O atleticano interessado em eternizar seu nome no Mural Alvinegro poderá adquirir um azulejo. Após a votação, as peças voltarão a ser comercializadas a partir de R$40/mês, no site oficial da Arena MRV.

Serão aproximadamente 30 mil peças à disposição da Massa, e toda a verba adquirida com a venda será destinada integralmente para a construção da Arena MRV. A instalação será na esplanada, em área aberta ao público em dias sem jogos e eventos e por onde os torcedores acessarão a casa do Galo nos dias de partidas.

ARTES FINALISTAS DO MURAL ALVINEGRO

Atlético e Arena MRV convocam a Massa para criar o Mural Alvinegro

No embalo do sucesso que foram as edições do Manto da Massa e contando com a força da torcida mais engajada do Brasil, o Atlético e a Arena MRV apresentam o concurso cultural Mural Alvinegro, que vai dar a oportunidade para o interessado criar o design de um muro que ficará localizado na Esplanada da casa do Galo. Além de fazer parte da construção desse sonho, o grande vencedor do concurso receberá um prêmio de R$15 mil. Qualquer pessoa acima de 18 anos, sem vínculo empregatício com o Atlético ou com a Arena MRV, pode enviar projetos.

Imagens ilustrativas

O Mural Alvinegro é ainda uma oportunidade para o torcedor atleticano ter o seu nome eternizado na Arena MRV. O primeiro painel a ser trabalhado tem 142 metros. Caso todos os azulejos sejam vendidos, o número total de peças e a metragem completa aumentarão.

“O atleticano sempre participa das ações que envolvem o clube e a Arena MRV. Por esse motivo, entendemos a importância de trazê-lo para fazer parte efetivamente do projeto da casa do Galo. O Mural Alvinegro é uma excelente oportunidade para, mais uma vez, a Massa mostrar a sua força de mobilização apresentando projetos, participando da votação e adquirindo azulejos para eternizar o seu nome ou de quem ele queira homenagear”, afirma o CEO da Arena MRV, Bruno Muzzi.

Imagens ilustrativas

Uma comissão julgadora, formada por representantes do Atlético, da Arena MRV e da Farkasvölgyi Arquitetura definirá entre os projetos inscritos no site www.muralalvinegro.com.br os três trabalhos finalistas que irão, em seguida, para a votação popular no site oficial do concurso.

As inscrições dos projetos já estão abertas e se encerram em 20 de fevereiro. O interessado em colocar a criatividade em prática a favor da casa do Galo terá todas as informações e também acesso às especificações técnicas do projeto em www.muralalvinegro.com.br.

Azulejos já podem ser adquiridos

O atleticano interessado em eternizar seu nome no Mural Alvinegro já pode adquirir um azulejo. As peças estão sendo comercializadas a partir de R$40/mês, clicando aqui.

São aproximadamente 30 mil peças à disposição da Massa e toda a verba adquirida com a venda será destinada integralmente para a construção da Arena MRV. A instalação será na esplanada, em área aberta ao público em dias sem jogos e eventos e por onde os torcedores acessarão a casa do Galo nos dias de partidas.

Arena MRV tem novo setor de cadeiras cativas disponível

O torcedor interessado em garantir o seu lugar na Arena MRV durante 15 anos, sem se preocupar em adquirir ingressos para as partidas oficiais do Atlético, tem uma nova opção de setor de cadeiras cativas. Está disponível a partir desta 2ª feira (24), o setor ‘Superior Livre’, localizado no nível três das arquibancadas, acima dos camarotes e atrás do banco de reservas e do túnel central da Arena MRV.

O atleticano que adquirir uma cadeira cativa pagando à vista no boleto bancário ganhará uma camisa do Atlético da temporada de 2022, personalizada como nome e número, do novo fornecedor de material esportivo do clube, a Adidas. Quem optar pelo parcelamento, pagará 72 parcelas de R$ 549. As vendas estão sendo realizadas clicando aqui.

Novo setor Superior Livre está localizado acima dos camarotes da Arena MRV

“Os setores I e II de cadeiras cativas e os camarotes estão esgotados desde o final do ano passado, o que já garantiu mais de R$200 milhões em receitas aplicados integralmente na obra. Porém, os custos de uma construção desse porte são altos, e o apoio da Massa é fundamental para que possamos manter as obras no ritmo atual”, afirma o gerente de Marketing da Arena MRV, João Márcio Coelho Jr.

Além do ‘Superior Livre’, ainda há cadeiras disponíveis no ‘Setor I - Leste’, que fica em um bloco central, do lado oposto ao banco de reservas. Esse setor é a última oportunidade para o atleticano ter o nome gravado em uma das cadeiras, que custam a partir de R$649/mês.

Quem adquirir uma cadeira cativa da Arena MRV tem benefícios, como participar de ações exclusivas, sorteios de prêmios e também prioridade de compra de ingressos para os shows e eventos que acontecerão na casa do Galo.